ESTATÍSTICAS
Visitantes: 22.655
Usuários online: 3
PUBLICIDADE

DIRE STRAITS LEGACY

25 de janeiro de 2018 

 

DIRE STRAITS LEGACY

 

 

Espaço das Américas

 
Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - São Paulo - SP

Classificação: 14 Anos

 

História

O Dire Straits gravou e lançou seu primeiro e auto-intitulado álbum em 1978 embora a banda tenha sido criada em 1977. Fez sucesso inicialmente no Reino Unido, para depois se espalhar pelo resto da Europa e então Estados Unidos. O single Sultans of Swing alcançou as paradas britânicas. O segundo álbum Communiqué foi lançado no ano seguinte.

A formação da banda mudou ao longo dos anos, restando somente Mark Knopfler e John Illsley como remanescentes da formação inicial. Em 1980 a banda lançou seu terceiro álbum, Making Movies, marcando o início de arranjos mais complexos e produções que continuariam parecidas até o final do grupo, nos anos 1990. Contendo Romeo and Juliet, que se tornou um dos maiores hits da banda, o álbum também marcou a saída de David Knopfler enquanto sua produção ainda estava em progresso.

O músico foi substituído por Sid McGinnis. Making Movies ainda contava com o tecladista Roy Bittan e foi produzido por Jimmy Iovine.O tecladista Alan Clark e o guitarrista Hal Lindes se uniram à banda no quarto álbum, Love Over Gold, lançado em 1982 e primeiro álbum da banda produzido por Mark Knopfler. Logo após o lançamento do álbum o baterista Pick Withers deixou a banda para uma nova carreira no jazz. Seu substituto foi Terry Williams, anteriormente no Rockpile. Em 1983 foi lançado um EP contendo a canção Twisting by the Pool, sendo seguido pelo álbum ao vivo duplo Alchemy: Dire Straits Live, no ano seguinte.

Era Brothers in Arms

Foi origem de vários singles de sucesso, como o hit número 1 nos Estados Unidos Money for Nothing, que foi também o primeiro videoclipe apresentado na MTV do Reino Unido. Houve mudanças na formação da banda, com a adição do segundo tecladista Guy Fletcher e a saída de Hal Lindes durante as gravações, tendo sido substituído por Jack Sonni.

Apesar disso Hal permaneceu como membro oficial da banda até o lançamento do álbum. Além disso, Terry Williams tornou-se baterista. O sucesso comercial do disco foi ajudado pelo fato de ter sido um dos primeiros álbuns completamente gravado e produzido no então novo formato CD, levando aos admiradores da nova tecnologia a venerarem o álbum. A turnê mundial da banda de 1985-1986 foi de sucesso fenomenal.

Após tocar várias vezes no Wembley Arena, a banda também participou em 13 de Julho de 1985 no Live Aid, tocando Money for Nothing com a participação nos vocais de Sting, que ajudou na composição da música. A turnê terminou no Entertainment Centre em Sydney. O sucesso do disco e a participação no Live Aid tornaram o Dire Straits a banda que mais vendeu em meados da década de 1980.

 

Era pós-Brothers in Arms

Em 1986, após o final da turnê de suporte ao álbum Brothers in Arms, a banda estendeu-se fora da mídia e Mark Knopfler concentrou-se em projetos solo, além de trilhas sonoras. O grupo reuniu-se novamente para o concerto de aniversário de 70 anos de Nelson Mandela em 1988, que contou com outras grandes participações como o Bee Gees, Phil Collins, Eric Clapton entre outros. No mesmo ano Terry Williams deixou a banda. Após Knopfler ter trabalhado e participado de turnê com o Notting Hillbillies, o Dire Straits reuniu-se em 1990. O resultado foi o último álbum de estúdio da banda, On Every Street (1991), com sucesso e críticas moderadas. A turnê mundial de 1991-1992 não foi tão bem sucedida quanto a anterior. Em 1993 foi lançado o álbum ao vivo On the Night, documentando a turnê.

 CD Brothers in Arms foi lançado em 1985 tornando-se, até então, o disco mais vendido do Reino Unido em todos os tempos. Alcançou também o topo das paradas em dezenas de países mundo afora, incluindo o Brasil.

Podcast
Entrevista com o Sr. Bento Alcoforado Presidente da Abioptica
fabio go
Podcast
Podcast
Podcast
Podcast
ÚLTIMAS MÚSICAS
 Nenhuma música recente
AGORA NA RÁDIO
APLICATIVOS
Aproveite o melhor da nossa programação em qualquer lugar!
ENQUETE
Você está gostando da rádio?
   Ver parcial
Sim
84 votos (98,8%)
Não
1 voto (1,1%)
Voltar
REDES SOCIAIS
RECADOS
Mari
01/06/2017 08:56:52
Olá Amigos da Rádio Otica Revista... sugiro uma seleção de samba rock !!! Um Abraço #Sonetoproduções
claudinei Aguiar monteiro
28/03/2017 07:40:49
Maria Yara entre em contato pelo email claudinei@oticarevista.com.br ou 11 971385355 whatsapp
Maria Yara
25/03/2017 12:53:20
Como funciona para mandar um comercial?